5 princípios da Nutrição Funcional










Criada, em 1990, pelo médico Jeffrey Bland, idealizador do Instituto para Medicina Funcional (IMF), nos EUA, a nutrição funcional consiste na interação entre todos os sistemas do corpo, incluindo as relações que existem entre o funcionamento físico e aspectos psicológicos, através de um olhar específico sobre cada pessoa, muitas vezes motivadas pela inadequação da qualidade da nossa alimentação, da qualidade do ar que respiramos, da água que bebemos, do sedentarismo e alterações emocionais que passamos, sobretudo a depressão.

Nutrição Clínica Funcional possui cinco princípios básicos:

1) Individualidade bioquímica: Grande parte da expressão de nossos genes depende do meio ambiente, por isso, a nutrição funcional busca a interação de cada genética, alimentação e dos elementos ambientais (toxinas, poluentes, estresse mental, atividade física) para "modular" nossos genes, inibindo aqueles associados à doenças, para elevar os associados à saúde.

2) Tratamento centrado no paciente: O método é direcionado ao paciente e não a doença, ao oposto da medicina tradicional. Torna-se mais importante saber que paciente tem a doença do que saber qual doença o paciente tem. O indivíduo é abordado como um todo, um conjunto de sistemas que se inter-relacionam e que sofrem influências de fatores ambientais, emocionais, alimentares, patológicas, uso de medicamentos, hábitos de vida e atividade física.

3) Equilíbrio nutricional e biodisponibilidade de nutrientes: Se torna importante a oferta de nutrientes em quantidades adequadas e em equilíbrio com todos os outros, para que haja otimização da sua absorção e aproveitamento pelas células.

4) Inter-relações com fatores fisiológicos: Todas as funções do nosso corpo estão interligadas. A teia da nutrição funcional considera a inter-relação mútua de todos os processos bioquímicos internos, de forma que uma influência no outro, gerando desordens que abrangem os diversos sistemas, corrigindo a causa em vez de apenas os sintomas genéricos.

5) Saúde como vitalidade positiva: Saúde não é meramente a ausência de doenças, e sim o resultado de diversas relações entre os sistemas orgânicos, por isso analisa-se os sinais e sintomas físicos, mentais e emocionais que podem estar nas bases dos problemas apresentados.

Na Nutrição Funcional, a investigação de toda história clínica através dos antecedentes, individuais e familiares, do relato de sinais e sintomas, exames bioquímicos, relacionados à avaliação nutricional e da avaliação da composição corporal, nos permite identificar os desequilíbrios orgânicos, por exemplo, as hipersensibilidades alimentares, alterações da microbiota intestinal, déficit ou excesso de micro e macronutrientes e assim elaborar um plano alimentar mais adequado e preciso para cada um dos pacientes.

Na realidade a preocupação da Nutrição Funcional é avaliar cada pessoa como um ser único, que tem preferências, hábitos, histórico de vida e resposta á intervenção nutricional totalmente diferentes e, assim, por meio dos detalhes e da individualidade poderemos proporcionar que as pessoas realmente sintam-se saudáveis e felizes realmente, livres de dor de cabeça, TPM, insonia, constipação, queda de cabelo ou unhas fracas, entre outros.

O Drive Virtual de Nutrição Funcional traz material para auxiliar o profissional e estudante a entender as características na Nutrição Funcional e como usá-la em beneficio do seu paciente.  Os artigos contidos ajudam o estudante a entender como se trabalha com individualidade bioquímica e os efeitos dos alimentos no organismo de cada um, sendo mais abrangente do que apenas estabelecer planejamentos alimentares baseados em contagem de calorias. abordam diversos aspectos e ajudam no entendimento de cada doença e necessidade alimentar.  Clique aqui e saiba mais!





Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

5 princípios da Nutrição Funcional 5 princípios da Nutrição Funcional Reviewed by Dani Souto EF on 15:59 Rating: 5

Nenhum comentário

Curta e Siga em Rede Sociais