25 de julho de 2017

08:56

3 combinações de frutas para dar energia ao seu treino



O fato das frutas serem alimentos naturais e saudáveis não significa que qualquer fruta em qualquer momento seja uma boa pedida. Se você for praticante regular de exercícios, deve ser ainda mais criterioso na seleção.

Há frutas que favorecem o treino, há frutas que prejudicam o treino. Há frutas para antes do exercício, e outras para depois da prática. O corpo precisa da frutose (açúcar da fruta) para treinar. É melhor optar por alimentos de rápida absorção antes de malhar.

Laranja com frutas vermelhas. Essa é a recomendação do médico, seja qual for a atividade física praticada. É uma combinação interessante porque as frutas vermelhas são ricas em vitaminas do complexo B. Tais vitaminas beneficiam o sistema nervoso e são fontes de energia para exercícios de longa duração.

As frutas cítricas, de modo geral, têm a vantagem de serem ricas em vitamina C, que combate a ação dos radicais livres. Isso evita a oxidação, processo acelerado pela atividade física. Ao ingerir frutas com vitamina C, a pessoa já prepara o organismo antes do treino para uma recuperação rápida.

Kiwi com tangerina. Combinação bastante cítrica, recomendada pelo nutricionista esportivo, as frutas são ricas sais eletrolíticos. Eles são importantes para a hidratação em exercícios de longa duração.

Praticantes de corrida, especialmente aqueles que treinam para maratonas, sofrem perdas acentuadas de sais minerais que prejudicam o desempenho em treinos e competições. Kiwi e tangerina têm sódio e potássio, que também desempenha papel importante no equilíbrio hídrico do organismo e favorece a transmissão de impulsos pelo sistema nervoso, necessários ao desempenho muscular no treino.

Abacate e açaí. Além das frutas não combinarem, elas jamais devem ser ingeridas no pré-treino, período composto por até uma hora antes da malhação. Essas frutas têm alto teor de gordura, não caem bem.

Mesmo as frutas que fazem bem, elas não devem ser ingeridas em excesso. O ideal é consumi-las cerca de 30 minutos antes e não passar de 350 ml. "Para este fim elas devem ser ingeridas sem o bagaço que, embora saudável, ele torna mais lenta a absorção do alimento", afirma Nahas.

Melancia e abacaxi. A combinação ajuda na recuperação do organismo após o treino pos são frutas de índice glicêmico alto e com bom potencial de hidratação.

Além da perda de líquidos, a atividade física promove uma perda acelerada de glicose. Se a pessoa não restabelecer um nível bom de glicose rapidamente, ela corre o risco de sofrer perda muscular.
Isso aconteceria porque, sem a glicose como fonte de energia, o corpo busca fontes alternativas para se recuperar. A primeira opção acaba sendo a massa muscular.

As frutas de índice glicêmico alto revertem eventuais casos de hipoglicemia pós-treino. Isso é especialmente importante para quem faz musculação.

No pós-treino, recomendam os especialistas, a vitamina pode conter o bagaço. Além de ser uma fonte de fibra, ele mantém a sensação de saciedade por mais tempo. Isso, combinado com o metabolismo acelerado pela atividade física, configura uma estratégia interessante para quem se exercita com objetivo de emagrecer.

Todos os sucos, antes ou depois do treino, podem ser combinado com gelo, seja em pedras ou batidos no liquidificador. Mas evite adicionar açúcar refinado, o açúcar da fruta já é suficiente ao organismo.

Publicado em 25/06/14 e revisado em 25/07/17
 

21 de julho de 2017

13:48

Vantagens e Desvantagens da Alimentação Vegetariana



A dieta vegetariana é conhecida há muito tempo.

Atualmente, são dois padrões alimentares diferentes dentre os vegetarianos. O primeiro é adotado pelos ovolactovegetarianos, que possuem alimentação baseada em cereais, leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, soja), frutas, amêndoas e castanhas, laticínios e ovos, excluindo carnes de uma forma geral (carne vermelha, aves e peixes). Outro grupo é formado pelos vegetarianos restritos (ou vegan) que limitam o consumo de qualquer alimento de origem animal.

Curso online sobre  Alimentação Vegetariana

Vantagens da Dieta Vegetariana

Uma dieta baseada em alimentos de origem vegetal possui uma baixa densidade calórica, além de quantidade reduzida de gorduras totais, saturada e colesterol, o que pode favorecer não somente a perda de peso, mas também manter níveis de gorduras sanguíneas baixos, prevenindo assim o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Com uma alimentação rica em frutas, legumes e verduras a quantidade de fibras, vitaminas e minerais fica dentro dos níveis recomendados. Com o alto consumo de fibras o bom funcionamento do intestino e a sensação de saciedade também são favorecidos.

Desvantagens da Dieta Vegetariana

Ao restringir o consumo de alguns alimentos deixamos muitas vezes de ingerir nutrientes essenciais ao nosso organismo.

No caso da Dieta Vegetariana, ao serem excluídos alimentos de origem animal, estamos deixando de consumir nutrientes como vitamina B12, cálcio, ferro e zinco. O cálcio é um mineral que participa da formação e manutenção de dentes e ossos, uma drástica restrição em seu consumo a longo prazo pode favorecer o desenvolvimento de osteoporose.

Já a vitamina B12 é um micronutriente encontrado exclusivamente em produtos de origem animal e utilizado na síntese de glóbulos vermelhos, atuando na prevenção de anemia.

O ferro é uma das maiores preocupações, ao se avaliar a alimentação dos seguidores da Dieta Vegetariana, pois assim como a vitamina B12 esse mineral é um componente fundamental dos glóbulos vermelhos, pois junto como a hemoglobina realiza o transporte de oxigênio na corrente sanguínea.

As carnes são as principais fontes desse nutriente, também são encontrados em verduras verde escuro e leguminosas, contudo nesse caso para ser absorvido é preciso a associação com a vitamina C.

O zinco também encontrado nas carnes é fundamental para síntese de muitas enzimas assim como desempenha importante papel na formação de proteínas e divisão celular.

É importante que os seguidores da Dieta Vegetariana sejam acompanhados por médicos e/ou nutricionistas, pois estes profissionais poderão orientá-los indicando possíveis alternativas para suprir o consumo destes nutrientes, o que geralmente é atingido por meio de suplementação.

Levando em consideração o aumento do número de pessoas que aderiram a esse tipo de alimentação, o curso de Alimentação Vegetariana tem como objetivo pontuar as vantagens e desvantagens em se tornar um vegetariano ou vegano, apresentando alimentos diferenciados em sua alimentação diária.

5 de julho de 2017

12:00

Tenha receitas para aumentar massa muscular, emagrecimento e definição muscular




A alimentação é muito importante para quem quer emagrecer, mesmo fazendo um programa de exercício específico e rígido.

Uma coisa que funciona bastante e que facilita a vida de quem precisa ter uma alimentação regrada são os guias para alimentação dependendo do objetivo que você tem.

Por exemplo, se você procura Receitas Para Aumentar a Massa Muscular, clique aqui. Se você procura Receitas Para Emagrecimento e Definição Muscular, clique aqui.

Devido ao dia a dia agitado, também está a procura de um modo para se organizar para poder aproveitar melhor o seu tempo. Com as receitas prontas, testada e feitas por profissionais competentes, facilita a vida de quem quer emagrecer com objetivo definitivo.

Conheça agora as  Receitas Para Aumentar a Massa Muscular e Receitas Para Emagrecimento e Definição Muscular.

A montagem de cardápio vai ser feita de forma muito mais rápida com essas receitas. Afinal, você encontrará inúmeras receitas indicadas para os mais diversos tipos de plano alimentar.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *