2 de maio de 2014

Banana tem alta propriedade nutricional, é prática e versátil








 

Comum no cardápio do brasileiro, a banana é uma fruta originária da Ásia e possui grande quantidade de fibras: em média duas gramas para cada 100 gramas de polpa. A banana-da-terra é o tipo com maior valor energético. Já a banana-maçã é a menos calórica.


Divulgação


Os tipos mais consumidos de banana são a banana-maçã, nanica, ouro, prata e da terra. De uma forma geral, elas são parecidas em sua composição nutricional, com pequenas alterações como o valor calórico. A banana-da-terra é a mais calórica (128 Kcal em 100 g do alimento), enquanto a banana-maçã é a com menor valor energético (87 Kcal em 100 g do alimento). Além disso, outra característica é a quantidade de fibras encontrada na fruta: Em média, a cada 100 g de fruta temos 2 gramas de fibra.

A população brasileira consome poucas frutas, em geral. Isso caracteriza um fator de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas como as doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e obesidade. Nesse sentido, a banana seria uma alternativa para o problema, já que é fácil de consumir e muito versátil, além de saborosa.

Outro benefício da fruta, um dos mais falados, é sua eficácia contra câimbras. Quando se pratica atividade física ocorrem perdas de sódio, cloreto e potássio pela transpiração. O potássio auxilia na contração muscular e a carência deste mineral pode provocar o surgimento de câimbras. Nessa situação, a banana pode ser uma boa alternativa de alimento para consumir antes do exercício ou durante os exercícios mais longos.

Quanto ao preparo, a banana assada com canela pode ser consumida como sobremesa. Além disso, essa fruta pode compor bolos, vitaminas, farofas, saladas de fruta ou combinar com cereais no café da manhã ou lanches.


Comente:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *