27 de dezembro de 2013

10:22

Nutricionistas dão dicas de como lidar com a comilança de fim de ano


Chester com pasta de pequi e queijo parmesão  (Foto: Adriano Zago)

As principais responsáveis pelo ganho de peso no final de ano são as comidinhas servidas nas confraternizações que antecedem o Natal, e não a ceia propriamente dita. Pratos típicos dessa ocasião, como peru, chester e lombo de porco, tem pouca gordura e podem ser comidos sem culpa.

A nutricionista Camila Gracia, do Hospital do Coração (HCor), observa que as pessoas costumam entrar em um "processo de engorda" nessa época. "Tem amigo secreto da empresa, festa do condomínio, festa do filho na escola... Nesses eventos, a pessoa acaba exagerando e é isso que leva ao ganho de peso", diz. A especialista lembra que ceia e almoço de Natal são só duas refeições que, sozinhas, tendem a não provocar grande impacto.

Outro costume que contribui para a engorda é o hábito de fazer uma quantidade de comida muito maior do que o necessário para essas refeições especiais. "As pessoas fazem muita comida e continuam comendo isso ao longo dos dias. Se na ceia teve pudim, por exemplo, a pessoa vai comer pudim de sobremesa a semana inteira", diz Camila. 

Ceia e almoço de Natal
Para essas ocasiões, uma forma de evitar o exagero é limitar o número de opções na mesa. "Uma boa dica é servir um tipo de carne, dois acompanhamentos diferentes e uma bela salada com legumes e folhas variadas", diz a nutricionista Ariana Fernandes, da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).

Lombo Suíno (Foto: Reprodução/RPC TV)O lombo de porco é um alimento considerado 
saudável, por conter baixo índice de gordura.
(Foto: Reprodução/RPC TV)

O lombo de porco e o peru são considerados saudáveis. Mas, no caso de a pessoa não poder comer gordura alguma, o ideal é retirar a pele do peru. Isso pode ser feito no prato ou até antes de assá-lo. Nesse caso, é indicado acrescentar azeite e colorau por cima da ave, para que ela fique mais dourada.

Algumas substituições simples também podem reduzir a contagem de calorias. Em vez de optar pela maionese caseira, feita com ovo e óleo, pode-se optar pela industrializada, que tem bem menos gordura. Na maionese, também é interessante colocar menos batata e mais legumes como vagem, cenoura e ervilha, segundo Camila. Para uma farofa mais saudável, o bacon e os embutidos devem ser substituídos por legumes, frutas secas e castanhas.

Segundo os nutricionistas, é importante que uma salada também faça parte das refeições. Ariana sugere que o prato seja feito com folhas verdes e legumes ralados, além de frutas coloridas para decorar.

Para a sobremesa, a dica da nutricionista Alline Cristina Schüncke é escolher as que são feitas com fruta. "As pessoas não devem abrir mão da sobremesa porque é uma época especial do ano. Claro que vai ter açúcar e gordura, mas por que não torná-la mais saudável?", diz. Como exemplo de doces refrescantes, ela cita mousse de maracujá e iogurte natural com calda de frutas vermelhas.

Suco desintoxicante, feito com frutas e folhas, pode ser uma opção para quem exagerou nas comidas e bebidas de fim de ano. (Foto:  Raphael Gunther/Vitalin)Suco desintoxicante, com frutas e folhas, é opção
para quem exagerou. (Foto: Raphael Gunther/Vitalin)

Álcool
Segundo Alline, as pessoas geralmente esquecem que o álcool é responsável por grande parte das calorias consumidas nessas ocasiões. "O álcool contribui bastante para o ganho de peso. Ele tem em torno de sete calorias por grama. Para quem quer uma dieta saudável, a gente recomenda que se limite a uma dose de destilado ou uma dose de vinho ou duas latas de cerveja", diz. Entre uma bebida e outra, é importante tomar água para diminuir os efeitos da ressaca.

Saúde do coração
Camila Gracia, do HCor, alerta para um hábito perigoso de quem tem de tomar diariamente remédios para pressão alta. "Tem muita gente que pensa: 'como vou exagerar, não vou tomar o remédio'. Isso está errado. Pelo contrário, quando se exagera, aí é que tem que cuidar para tomar o medicamento direito", diz a nutricionista.

No dia seguinte
Se o exagero for inevitável, ainda é possível por em prática um plano de "redução de danos". A nutricionista Alline diz que uma boa opção para o café da manhã do dia seguinte aos exageros é preparar um suco desintoxicante. Feito com suco de laranja, couve, alface, salsinha, fibra de maracujá e açúcar mascavo, a bebida é nutritiva e contribui para o bom funcionamento do intestino. O líquido também pode ajudar a curar os efeitos da ressaca.

"Se a pessoa acabou exagerando na ceia de Natal, o importante é no outro dia voltar à rotina alimentar em vez de comer tudo o que sobrou do dia anterior. É importante não achar que está tudo perdido e continuar comendo em grandes quantidades", diz Ariana.

Mariana Lenharo Do G1.

15 de dezembro de 2013

20:50

Desidratação e calor intenso: conseqüências


A combinação da atividade física com o calor intenso impõe um desafio significativo para o sistema cardiovascular.

Sempre que líquidos forem eliminados por meio do suor mais rapidamente do que são repostos, a pessoa estará em um processo de desidratação. A hipohidratação modifica muitas variáveis fisiológicas durante o exercício, e quando combinada ao calor intenso, resulta num desempenho físico prejudicado, com a inabilidade do sistema cardiovascular em manter o mesmo débito cardíaco.

Existe também uma relação linear entre o grau de hipohidratação e a temperatura corporal central, isto porque a hipohidratação prejudica a função de regulação térmica, fazendo com que o exercício no calor fique ainda mais difícil.

A hipohidratação tem um impacto progressivamente negativo no desempenho do exercício, pois o estresse provocado pelo calor tem um efeito potencializador na redução da capacidade aeróbica. Sendo assim, o organismo entrará em fadiga mais cedo nas atividades aeróbicas como, por exemplo, caminhadas e corridas.

O efeito negativo da hipohidratação na função termoregulatória aumenta o risco de exaustão e choque térmico. O mau funcionamento dos rins também tem sido associado à desidratação e às altas temperaturas corporais durante o esforço feito no calor intenso.

Um problema muito comum é a câimbra pelo calor ou câimbra muscular associada ao exercício (CMAE). Esta contração involuntária e dolorosa da musculatura esquelética que ocorre durante ou imediatamente após a atividade, é comumente relacionada à sudorese profusa (abundante) durante o exercício no calor.

Para minimizar estes riscos aí estão algumas dicas:

*A atividade física regular irá beneficiar a sua saúde. Alcançar maior nível de aptidão física, irá melhorar sua habilidade de tolerar o estresse pelo calor.

*Quando está quente e úmido, o exercício torna-se mais difícil e o desempenho comprometido. Para isso, reduza a intensidade e/ou a duração. Vista roupas claras, leves e soltas e procure áreas mais frescas com sombra ou vento.

*Mantenha-se bem hidratado, beba água antes, durante e após a atividade física.

*Siga as instruções de um profissional de educação física para realizar atividade exercícios consciente. Respeite sempre seu limite.

12 de dezembro de 2013

11:10

Dieta da proteína traz emagrecimento rápido, mas com contraindicações

Carne vermelha e queijo amarelo são a base da dieta da proteína 

Criticada por médicos e nutricionistas, a dieta da proteína é a saída que muitas mulheres encontram para perder peso rápido — até sete quilos em menos de um mês. Ela consiste em cortar os carboidratos (pão, massas e arroz, por exemplo) do cardápio diário, onde só são permitidos carne vermelha, queijo, ovos e frango.

O que ocorre no organismo é que, com menos carboidratos, o índice de açúcar no sangue se reduz, o que derruba em 80% a produção de insulina pelo pâncreas. Para compensar a baixa, o mesmo órgão libera o hormônio glucagon, de efeito contrário ao da insulina. Com mais glucagon, a gordura acumulada no corpo é quebrada e transformada em açúcar. Esse mecanismo gera perda rápida e notável de peso, em média, de sete quilos em até um mês.

O efeito colateral disso é que diminui a absorção de cálcio, aumentando os riscos de osteoporose, e altera o PH do sangue (porque muda o funcionamento das células), além de aumentar o acúmulo de gordura no fígado.

Pães estão proibidos na dieta da proteína

A nutricionista Patrícia Davidson teme ainda pelo baixo conteúdo de fibra e antioxidantes para quem só pode comer proteínas:

— Há outras versões de dietas da proteína, em que há faixas de liberação de carboidrato. Mas se o paciente se descuidar e ingerir mais carboidrato do que deve, a o ciclo metabólico se quebra e o peso volta ao normal rapidamente.

Dieta Dukan

Uma dessas versões foi adotada pela princesa Kate Middleton, antes mesmo do casamento com o príncipe William. É a dieta Dukan, criada pelo nutricionista francês Pierre Dukan há dez anos, e que virou febre na Inglaterra. É uma versão moderna — e mais complicada — da dieta da proteína e promete a perda de até quatro quilos por semana.

O programa é dividido em quatro fases.

1ª fase:

Só pode ingerir alimentos proteicos (carnes magras, frutos do mar, frango sem pele e iogurte, por exemplo). Não é permitido usar manteiga ou azeite ou complementar a refeição com vegetais. Além disso, é preciso beber muita água — pelo menos três litros ao dia — para eliminar toxinas.

2ª fase:

Depois de dez dias, legumes e verduras são inseridos na alimentação (segunda fase), com restrições como milho, arroz, ervilhas e batata.

3ª fase:

Atingida a meta desejada, começa a terceira etapa, que consiste em manter o peso, repetindo o cardápio da fase anterior, com direito a uma fruta por dia e duas refeições livres por semana.

4ª fase:

A quarta etapa é a de manutenção. Nela, nada é proibido, desde que se use o bom senso.

Efeitos colaterais:

Pode causar mau hálito, boca seca e prisão de ventre. A longo prazo, pode sobrecarregar os rins, aumentar o nível do colesterol e o risco de gota. Em algumas pessoas, pode causar enjoos, fadiga e dores de cabeça.


08:53

Como usar a Whey Protein para emagrecer


A Whey Protein tem sido utilizada com muito sucesso nas dietas de emagrecimento pelos seguintes motivos:

a) Contribuem para o aumento do percentual relativo de massa magra do corpo, e a massa magra é um tecido altamente ativo, que gasta calorias para se manter vivo ao contrário das gorduras que são um peso morto,

b) Ajudam a saciar a fome e a controlar o apetite, pois liberam colicistoquinina (CCK), que é um conhecido agente regulador do apetite no organismo humano, também ajuda a saciar a fome, pois as proteínas tem tempo de digestão mais prolongados do que os carboidratos deixando mais duradoura a sensação de saciedade,

c) A proteína não estimula a insulina da mesma forma que os carboidratos, e é a insulina que transporta a gordura para dentro dos adipócitos (células reserva de gordura/compartimentos de reserva) e impede que a gordura seja utilizada como fonte de gordura, utilizando shakes de proteína

d) Em dietas para perda de peso, é muito comum a perda conjunta de massa magra, e aumentando assim a entrada de proteínas de alto valor biológico tem ação um efeito anticatabolico, que significa proteger a massa magra e perder somente gordura. Quando o programa alimentar está bem regulado, é perfeitamente possível perder gordura e ganhar massa muscular simultaneamente,


e) Na ausência de carboidratos ou gorduras, o metabolismo digestivo gasta até 30% mais energia para digerir as proteínas, e em dietas de emagrecimento essa estratégia de aumentar as proteínas e reduzir os carboidratos tem sido utilizada com muito sucesso, mas é importante salientar que as proteínas devem vir de fontes limpas e de alto valor biológico (Whey Protein, Clara de Ovo, peixe). Quando baixa-se a gordura para o percentual desejado, vão se adicionando mais carboidratos de boa qualidade na dieta, em conjunto com exercícios, principalmente a musculação, para permitir assim a ativação da massa magra para assegurar a vitalidade do metabolismo em manter o peso perdido e evitar o efeito sanfona.

 

Dicas para perder peso utilizando a Whey Protein:


- Tome de 1 a 2 shakes de proteína por dia, no café da manhã e no jantar

- Escolha uma proteína de sabor que lhe agrade e bata o shake com água, pois dessa forma o valor calórico do shake fica bem reduzido. Se tiver muita dificuldade em ingerir o shake somente com água, utilize leite desnatado ou leite de soja light sabor natural. Uma outra opção para quem não quer enjoar sempre do mesmo sabor da proteína é comprar uma proteína sem sabor (existem proteínas de sabor neutro, como o Baunilha mais suave).

- Caso sinta falta de um doce a noite você pode misturar a Whey Protein com um pouco de leite desnatado em pó, (aproximadamente 2 colheres de sopa para cada dose de 30g de proteína - 1 scoop), e mais um pouco de água (meia xícara) , e preparar uma espécie de mousse (se a proteína for sabor chocolate o mousse fica sabor chocolate) e misturar nesse mousse uma fruta de baixo índice glicêmico. Pode ser mamão, pêra, maça ou ameixa preta seca sem caroço.

No café da manhã, uma boa dica de como começar o dia de forma saudável e induzindo o metabolismo a emagrecer é a seguinte:

Exemplo de Programação

- Ao acordar: (ingira meio copo de água morna, esquentada por 15 seg no microondas)

Café da Manhã:

- 1 shake de proteína com 1 dose de proteína e 200ml de Leite de Soja Light sabor natural

- 1 fatia de pão integral com 1 fatia grossa de queijo branco ou geléia light

- ½ mamão papaya

- 2 castanhas do Pará

De que forma essa configuração de café da manhã ajuda a emagrecer?

- Shake de proteína: Fornece proteínas de qualidade para o organismo pela manhã para repor a quantidade perdida na recuperação do corpo a noite, para prevenir a perda de massa magra que sempre ocorre nas dietas de emagrecimento e para acelerar o metabolismo pela manhã pela ingestão da proteína que como vimos faz o corpo gastar mais energia para absorver.

- Fatia de pão integral: fornece uma pequena quantidade de carboidratos de glicemia controlada ao corpo, por conter grãos mais inteiros tem uma maior quantidade de fibras que ajudam na absorção de todos os nutrientes

- Fruta: Além de vitaminas e sais minerais, a fruta pela manhã também vai conter frutose, um açúcar que entra rapidamente na corrente sanguínea para dar energia para começar um novo dia, mas não se converte em gordura pela ação da insulina como os outros doces e açúcares mais artificiais.

- Castanhas – Fornecem gorduras saudáveis para o organismo, para ajudar na parte funcional, ajuda também a controlar o colesterol ruim, melhorar o HDL e varias outras funções do corpo.

Resumindo, você pode emagrecer utilizando a Whey Protein, acrescente ela na sua alimentação, nunca corte os carboidratos, mas use os de baixa glicemia, não abandone as frutas, verduras e os grãos. Tomar muita água pura também ajuda muito a emagrecer, porque a falta de água faz o corpo entrar em um estado de alerta e então começa a reter os líquidos para se defender. Pratique exercícios diariamente para um resultado verdadeiro e definitivo.

Fonte

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *