8 de abril de 2013

Aprenda a evitar 10 desculpas para fugir da comida saudável





Quando o assunto é alimentação saudável, muitas pessoas já têm desculpas na ponta da língua para explicar porque não a seguem. Confira truques para evitar 10 delas, listados pelo site do jornal The Huffington Post:
 

"Quando preparo hortaliças, o gosto não fica bom"
Os principais erros que as pessoas cometem no preparo de hortaliças são cozinhar demais ou colocar pouco tempero. Diminua o tempo de cozimento usual. Uma opção de molho rápido é misturar partes iguais de azeite e vinagre balsâmico, e adicionar uma colher de chá de mostarda e uma de alho picado. Cubra com uma pitada de amêndoas torradas, sementes de abóbora ou ervas frescas, como coentro, manjericão ou cebolinha.

"Não tenho tempo para cozinhar"

Escolha uma carne saudável (frango ou salmão grelhado) e adicione vegetais congelados. Ou que tal pão sírio com grãos integrais e uma sopa leve e rápida de fazer?
 
"Vejo batatas fritas e doces para as crianças e fico com vontade de comer"
Seus filhos devem comer os mesmos alimentos saudáveis que você. Incorpore mudanças lentas e sutis, como trocar batata frita por cozida, refrigerante por leite e achocolatado.
 
"Quando compro produtos frescos, estragam rapidamente"
Frutas e hortaliças frescas costumam se manter por até sete dias. Então, verifique se está comprando a quantidade ideal, sem excessos. Armazene-as corretamente, na geladeira e em sacos plásticos finos que liberam a umidade e gases que emitem naturalmente e que aceleram a decomposição. Coloque-as distantes umas das outras. Se notar que alguma está podre, jogue fora antes que prejudique o restante. Saiba também que alguns produtos duram mais tempo sem refrigeração, como tomate, banana e manga.
 
"Não sobrevivo sem algo doce"
Escolha um doce benéfico, como o chocolate amargo. Vários estudos constataram que seus flavonoides podem reduzir a pressão arterial e melhorar a circulação.
 

Evite a grande quantidade de sódio presente em produtos processados Foto: Getty Images Evite a grande quantidade de sódio presente em produtos processados Foto: Getty Images

"Amo alimentos salgados"
Não se estresse com a pitada de sal da batata cozida ou da pipoca. Evite a grande quantidade de sódio presente em produtos processados. Fique atento aos rótulos.
 
"Sou viciado em carboidratos"
Provavelmente, aposta em carboidratos refinados, encontrados em pães e doces, como pão e doces, que podem fazer com que se sinta com fome e cansado. A solução é adicionar proteína às refeições e lanches, porque o mantém satisfeito por mais tempo. Entre as fontes da iguaria estão carne magra, frango, queijo cottage, ovos, grãos de soja, feijão, atum em lata ou salmão.
 
"Sei que faz bem, mas não gosto de peixe"
Nem todos os tipos de peixes têm sabor ou cheiro forte. Tilápia, bacalhau, linguado e robalo são exemplos que se fundem bem aos sabores dos temperos, o que aumenta as chances de aprová-los.

"Estou muito ocupado para fazer um almoço saudável"
Marmita é uma estratégia inteligente para comer de maneira saudável. Escolha bem os alimentos e evite excessos. Para o lanche, prefira biscoitos com fibras, iogurte desnatado, frutas.  
 
"Alimentos ricos em fibras incomodam meu estômago"
É essencial fazer um esforço para comer mais fibras, porque ajudam a reduzir os níveis de colesterol e a se manter magro. O corpo deve se adaptar à fibra extra entre duas a três semanas. Provavelmente, também não terá sintomas se aumentar a ingestão em 5 g, que é o valor de duas fatias de pão integral, uma xícara e meia de morangos ou 3/4 xícara de cereais ricos em fibra. Aumente gradativamente até chegar às 25 g diárias recomendadas. Beber muita água também auxiliar a fugir de desconfortos. 




Comente:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *