30 de setembro de 2017

12:04

Alimentação saudável e equilibrada deve ter carboidratos e proteínas





Os carboidratos e as proteínas são dois elementos básicos e importantes para a saúde que devem estar presentes no prato todos os dias para manter uma alimentação saudável e equilibrada. Restringir a dieta a apenas um deles ou consumi-los em excesso pode ser perigoso e fazer mal ao organismo.

Os carboidratos, por exemplo, são fontes primárias de energia e funcionam como combustível para o cérebro, medula, nervos e células vermelhas do sangue, ou seja, mantêm o corpo funcionando. Por isso, a deficiência deles pode trazer riscos para o sistema nervoso central e para o organismo, de maneira geral.

Os carboidratos devem fazer parte de, pelo menos, metade da dieta diária, principalmente pela manhã, quando o corpo e o cérebro precisam de mais energia.

Entre os alimentos ricos em carboidrato, estão o arroz, os cereais, os pães, massas, batatas e até mesmo as frutas. A falta de energia por causa da pouca ingestão desses alimentos pode logo dar sintomas, como fome, tontura, mal-estar e até mesmo prejudicar a memória.Já as proteínas são constituintes básicos da vida, tanto que seu nome deriva da palavra grega "proteios", que significa "em primeiro lugar". Nos animais, as proteínas correspondem a cerca de 80% do peso dos músculos desidratados, cerca de 70% da pele e 90% do sangue seco – elas estão presentes até mesmo nos vegetais




Porém, como explicou o endocrinologista Alfredo Halpern, ao contrário dos carboidratos, as proteínas são difíceis de serem digeridas - a quebra começa na boca com a saliva, depois no estômago e intestino, onde ela será absorvida na forma de aminoácidos. No entanto, como mostrou o médico, elas são boas para aumentar a saciedade e diminuir a vontade de comer mais.


As proteínas são fundamentais sob todos os aspectos da estrutura e função celulares e também para expressar maior parte da informação genética. Além disso, elas são fundamentais para a defesa do organismo e para abastecer a musculatura. No entanto, a importância desses elementos está relacionada com suas funções, e não com sua quantidade já que todas as enzimas conhecidas, por exemplo, são proteínas.

19 de agosto de 2017

13:56

Cozinha Vegetariana - 80 Receitas Vegetarianas (Doces) [Áudio Receitas]



Se você sempre pensou que ser vegetariano significa comer alguns legumes cozidos e saladas frias, prepa
re-se então, para uma grande surpresa.

Muita gente acredita ser impossível preparar um bolo ou uma deliciosa sobremesa vegetariana.

A cozinha vegetariana não é uma tortura, e a prova disso é esse Áudio Receitas que irá deixar todos com água na boca.

Este volume inclui sobremesas, docinhos para festas, bombons e até trufa. Então, você também pode Ganhar Dinheiro preparando e vendendo doces vegetarianos.

Os arquivos em áudio serão enviados para o email do comprador, imediatamente, após o pagamento.

Se você achar que este Áudio Receitas não é para você, envie um e-mail para mim em até 30 dias. Vou repetir: 30 dias.

Vou lhe dar 100% de reembolso, imediatamente. E você pode ficar com o Áudio Receitas gratuito e os meus mais sinceros cumprimentos. Dessa forma, você não perde nada.


Clique na imagem para saber o valor do investimento e formas de aquisição.

 Visualizar

Informações sobre o Produto:

Criado por   Bianca Cavalcanti

14 de agosto de 2017

14:53

Saiba os cuidados no consumo de Termogênico

 

Um dos produtos mais usados por frequentadores de academia são os termogênicos. O princípio dessa suplementação é simples: há um aumento da temperatura corporal. Esse processo ocorre por meio de desacoplamento mitocondrial - um processo celular, o que faz com que o organismo consuma mais calorias e acelere o metabolismo, levando à perda de gordura corporal.

No entanto, assim como nenhum tipo de suplementação, termogênicos não devem ser consumidos sem recomendação específica. Porém, três pontos que devem ser levados em consideração antes do uso do produto: necessidade, rotina e efeitos colaterais. Cada termogênico possui uma dosagem de produtos bem específica e, portanto, as ações no organismo são diferenciadas. Além disso, pessoas com problemas cardiovasculares jamais devem fazer uso desse suplemento sem prévia autorização de seu médico.

Abaixo, saiba mais sobre esses três pontos: 

1. Necessidade: conforme supracitado, o uso do termogênico não deve ser feito de forma aleatória ou leviana. É preciso que um profissional capacitado tenha avaliado toda a conjuntura da pessoa e, a partir daí, entender qual o produto mais indicado e a forma de uso. Aspectos como o objetivo, características físicas, problemas em consumo de cafeína e outros são levados em conta. Não existe nada que produza o efeito termogênico que um bom treino produz. Outro ponto importante a ser frisado é que, o termogênico, por si só, produz pouco ou nenhum efeito no gasto de perda calórica. É preciso conciliar com atividade física.

2. Rotina: a utilização de termogênicos precisa ser pensada também de acordo com a rotina da pessoa. Estilo de vida, intensidade e frequência de treinos são quesitos a serem considerados. Se o treino é feito antes de dormir ou logo ao acordar também são pontos importantes. O uso de termogênicos algumas horas antes de dormir pode prejudicar bastante seu sono, pois as substancias estimulantes tem um efeito forte no sistema nervoso central.

3. Efeitos colaterais: muitas pessoas sentem efeitos colaterais intensos ao utilizar termogênicos. Os efeitos mais simples podem ser boca seca, tremores, insônia, alterações de humor. Em casos extremos e raros, podem ocorrer arritmias, infartos e AVC. Esses efeitos se dão pela ação das substâncias presentes na medicação sobre o sistema nervoso central, estimulando o mesmo. Ao sinal de qualquer pequena alteração, é sinal de que o uso deve ser interrompido.

Mas então não devemos usar termogênicos?  Se os pontos críticos do usuário foram levados em consideração, não há riscos no uso do termogênico. Na grande maioria dos pacientes o uso é indicado e bem sucedido no que tange à perda de percentual de gordura, porém, é  necessário  fazer a escolha certa do suplemento, com base na individualidade do paciente e não  utilizar o termogênico proveniente das mídias e sem prescrição.

1 de agosto de 2017

14:45

Alimentos integrais: eles são a melhor opção para a sua dieta?



https://2.bp.blogspot.com/-z9MUr5MHlns/VwuJ3feRCKI/AAAAAAAAGS0/ghcRhvxasY0e3DvvvgSVcrdMUyKvlUSLQ/w1200-h630-p-nu/nutricao-e-atividade-fisica.jpg

Você é adepto de massas, pães, biscoitos, bolo, arroz, salgados e outros produtos na versão integral? Ao que tudo indica, alimentos integrais parecem a melhor opção para quem quer perder peso, para quem sofre de diabetes ou até mesmo para quem quer cultivar uma dieta mais saudável. O termo "integral" indica que todos os componentes do grão - farelo, gérmen e endosperma - são conservados durante o processamento.
Mas, afinal, qual o real impacto disso na alimentação? E será que ele é, de fato, tudo isso que se fala ou apenas mais uma dentre tantas modas da dieta? Para descobrir, selecionamos as principais características relacionadas aos alimentos integrais e verificamos com profissionais se elas são ou não verdade. Confira:

Alimentos integrais deveriam ser consumidos diariamente

Por serem fonte rica de carboidratos, vitaminas, mineiras e fibras, alimentos integrais deveriam ser consumidos todos os dias. Com a ingestão diária deles há maior probabilidade de atingir os níveis recomendados de cada nutriente em uma dieta equilibrada. 
mulher com as mãos na barriga - Foto Getty Images

Alimentos integrais ajudam no funcionamento do intestino

Fonte de fibras, os alimentos integrais são indicados para melhorar o intestino preso. A profissional explica que, embora elas sejam eliminadas nas fezes por não termos enzimas capazes de quebrá-las, elas são fermentadas por bactérias dando origem a substâncias que estimulam o funcionamento do órgão.  Um intestino saudável também barra a passagem de substâncias tóxicas que precisariam ser metabolizadas pelo fígado e excretadas pelo rim, evitando, assim, a sobrecarga destes órgãos. Por outro, lado o consumo em excesso dos integrais, quando não é aliado ao consumo de água (2 litros por dia é o recomendado), pode ter o efeito contrário, favorecendo o intestino preso. Mas é muito raro um quadro de intoxicação por fibras, o mais comum mesmo é que as pessoas pequem pela falta de consumo delas no cardápio.  
mulher checando seu peso na balança - Foto Getty Images

Alimentos integrais podem contribuir com o ganho de peso

Alimentos integrais também são fonte de calorias e, assim, podem contribuir com o ganho de peso caso sejam ingeridos em excesso. Moderação, portanto, é fundamental, pois mesmo o que é saudável pode se tornar prejudicial em quantidades exageradas.
macarrão integral - Foto Getty Images

O ideal seria sempre tentar substituir alimentos refinados pela versão integral

A substituição de alimentos refinados por sua versão integral é excelente, pois o processo de refinamento retira as partes mais nutritivas dos grãos. É no farelo e no gérmen que se encontram as vitaminas, os minerais e os antioxidantes. Por isso, sempre que possível invista nesse tipo de alimento para fornecer mais nutrientes ao organismo.  
pessoa anotando sua glicemia - Foto Getty Images

Integrais são mais indicados do que os refinados para quem tem diabetes

O consumo de alimentos integrais previne tanto a hipo quanto a hiperglicemia, pois a ingestão de carboidratos com fibras torna mais lenta a absorção da glicose pelo organismo. Tal característica faz com que esses alimentos sejam mais indicados do que os refinados, que geram picos de glicemia. 
pão integral em forma de coração - Foto Getty Images

Alimentos integrais podem ajudar a prevenir doenças

Redução do colesterol, controle dos níveis de açúcar no sangue, melhora do funcionamento intestinal e prolongamento da saciedade são apenas alguns dos benefícios obtidos com o consumo de alimentos integrais. Desta maneira, há redução do risco de doenças cardiovasculares, da obesidade e até de alguns tipos de câncer, como o câncer de cólon. Assim, uma dieta equilibrada não pode deixar essa opção de fora.  
cesta com vários tipos de pão - Foto Getty Images

Alimentos integrais são menos calóricos do que os refinados

Nem sempre a versão integral dos alimentos apresenta menos calorias. As propriedades nutricionais são muito diferentes, mas o impacto calórico nem sempre é mais vantajoso. Na maior parte das vezes as calorias são equivalentes. Os nutrientes dos integrais, entretanto, fazem seu consumo valer mais a pena.

Publicado em 05/08/13 e revisado em 01/08/17

25 de julho de 2017

08:56

3 combinações de frutas para dar energia ao seu treino



O fato das frutas serem alimentos naturais e saudáveis não significa que qualquer fruta em qualquer momento seja uma boa pedida. Se você for praticante regular de exercícios, deve ser ainda mais criterioso na seleção.

Há frutas que favorecem o treino, há frutas que prejudicam o treino. Há frutas para antes do exercício, e outras para depois da prática. O corpo precisa da frutose (açúcar da fruta) para treinar. É melhor optar por alimentos de rápida absorção antes de malhar.

Laranja com frutas vermelhas. Essa é a recomendação do médico, seja qual for a atividade física praticada. É uma combinação interessante porque as frutas vermelhas são ricas em vitaminas do complexo B. Tais vitaminas beneficiam o sistema nervoso e são fontes de energia para exercícios de longa duração.

As frutas cítricas, de modo geral, têm a vantagem de serem ricas em vitamina C, que combate a ação dos radicais livres. Isso evita a oxidação, processo acelerado pela atividade física. Ao ingerir frutas com vitamina C, a pessoa já prepara o organismo antes do treino para uma recuperação rápida.

Kiwi com tangerina. Combinação bastante cítrica, recomendada pelo nutricionista esportivo, as frutas são ricas sais eletrolíticos. Eles são importantes para a hidratação em exercícios de longa duração.

Praticantes de corrida, especialmente aqueles que treinam para maratonas, sofrem perdas acentuadas de sais minerais que prejudicam o desempenho em treinos e competições. Kiwi e tangerina têm sódio e potássio, que também desempenha papel importante no equilíbrio hídrico do organismo e favorece a transmissão de impulsos pelo sistema nervoso, necessários ao desempenho muscular no treino.

Abacate e açaí. Além das frutas não combinarem, elas jamais devem ser ingeridas no pré-treino, período composto por até uma hora antes da malhação. Essas frutas têm alto teor de gordura, não caem bem.

Mesmo as frutas que fazem bem, elas não devem ser ingeridas em excesso. O ideal é consumi-las cerca de 30 minutos antes e não passar de 350 ml. "Para este fim elas devem ser ingeridas sem o bagaço que, embora saudável, ele torna mais lenta a absorção do alimento", afirma Nahas.

Melancia e abacaxi. A combinação ajuda na recuperação do organismo após o treino pos são frutas de índice glicêmico alto e com bom potencial de hidratação.

Além da perda de líquidos, a atividade física promove uma perda acelerada de glicose. Se a pessoa não restabelecer um nível bom de glicose rapidamente, ela corre o risco de sofrer perda muscular.
Isso aconteceria porque, sem a glicose como fonte de energia, o corpo busca fontes alternativas para se recuperar. A primeira opção acaba sendo a massa muscular.

As frutas de índice glicêmico alto revertem eventuais casos de hipoglicemia pós-treino. Isso é especialmente importante para quem faz musculação.

No pós-treino, recomendam os especialistas, a vitamina pode conter o bagaço. Além de ser uma fonte de fibra, ele mantém a sensação de saciedade por mais tempo. Isso, combinado com o metabolismo acelerado pela atividade física, configura uma estratégia interessante para quem se exercita com objetivo de emagrecer.

Todos os sucos, antes ou depois do treino, podem ser combinado com gelo, seja em pedras ou batidos no liquidificador. Mas evite adicionar açúcar refinado, o açúcar da fruta já é suficiente ao organismo.

Publicado em 25/06/14 e revisado em 25/07/17
 

21 de julho de 2017

13:48

Vantagens e Desvantagens da Alimentação Vegetariana



A dieta vegetariana é conhecida há muito tempo.

Atualmente, são dois padrões alimentares diferentes dentre os vegetarianos. O primeiro é adotado pelos ovolactovegetarianos, que possuem alimentação baseada em cereais, leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, soja), frutas, amêndoas e castanhas, laticínios e ovos, excluindo carnes de uma forma geral (carne vermelha, aves e peixes). Outro grupo é formado pelos vegetarianos restritos (ou vegan) que limitam o consumo de qualquer alimento de origem animal.

Curso online sobre  Alimentação Vegetariana

Vantagens da Dieta Vegetariana

Uma dieta baseada em alimentos de origem vegetal possui uma baixa densidade calórica, além de quantidade reduzida de gorduras totais, saturada e colesterol, o que pode favorecer não somente a perda de peso, mas também manter níveis de gorduras sanguíneas baixos, prevenindo assim o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Com uma alimentação rica em frutas, legumes e verduras a quantidade de fibras, vitaminas e minerais fica dentro dos níveis recomendados. Com o alto consumo de fibras o bom funcionamento do intestino e a sensação de saciedade também são favorecidos.

Desvantagens da Dieta Vegetariana

Ao restringir o consumo de alguns alimentos deixamos muitas vezes de ingerir nutrientes essenciais ao nosso organismo.

No caso da Dieta Vegetariana, ao serem excluídos alimentos de origem animal, estamos deixando de consumir nutrientes como vitamina B12, cálcio, ferro e zinco. O cálcio é um mineral que participa da formação e manutenção de dentes e ossos, uma drástica restrição em seu consumo a longo prazo pode favorecer o desenvolvimento de osteoporose.

Já a vitamina B12 é um micronutriente encontrado exclusivamente em produtos de origem animal e utilizado na síntese de glóbulos vermelhos, atuando na prevenção de anemia.

O ferro é uma das maiores preocupações, ao se avaliar a alimentação dos seguidores da Dieta Vegetariana, pois assim como a vitamina B12 esse mineral é um componente fundamental dos glóbulos vermelhos, pois junto como a hemoglobina realiza o transporte de oxigênio na corrente sanguínea.

As carnes são as principais fontes desse nutriente, também são encontrados em verduras verde escuro e leguminosas, contudo nesse caso para ser absorvido é preciso a associação com a vitamina C.

O zinco também encontrado nas carnes é fundamental para síntese de muitas enzimas assim como desempenha importante papel na formação de proteínas e divisão celular.

É importante que os seguidores da Dieta Vegetariana sejam acompanhados por médicos e/ou nutricionistas, pois estes profissionais poderão orientá-los indicando possíveis alternativas para suprir o consumo destes nutrientes, o que geralmente é atingido por meio de suplementação.

Levando em consideração o aumento do número de pessoas que aderiram a esse tipo de alimentação, o curso de Alimentação Vegetariana tem como objetivo pontuar as vantagens e desvantagens em se tornar um vegetariano ou vegano, apresentando alimentos diferenciados em sua alimentação diária.

5 de julho de 2017

12:00

Tenha receitas para aumentar massa muscular, emagrecimento e definição muscular




A alimentação é muito importante para quem quer emagrecer, mesmo fazendo um programa de exercício específico e rígido.

Uma coisa que funciona bastante e que facilita a vida de quem precisa ter uma alimentação regrada são os guias para alimentação dependendo do objetivo que você tem.

Por exemplo, se você procura Receitas Para Aumentar a Massa Muscular, clique aqui. Se você procura Receitas Para Emagrecimento e Definição Muscular, clique aqui.

Devido ao dia a dia agitado, também está a procura de um modo para se organizar para poder aproveitar melhor o seu tempo. Com as receitas prontas, testada e feitas por profissionais competentes, facilita a vida de quem quer emagrecer com objetivo definitivo.

Conheça agora as  Receitas Para Aumentar a Massa Muscular e Receitas Para Emagrecimento e Definição Muscular.

A montagem de cardápio vai ser feita de forma muito mais rápida com essas receitas. Afinal, você encontrará inúmeras receitas indicadas para os mais diversos tipos de plano alimentar.

23 de junho de 2017

15:46

Material: Shakes Anabólicos



Pessoas que praticam atividades físicas e desejam aumentar a massa muscular, devem ter uma dieta bem rica em calorias, carboidratos. gorduras e proteínas magras. Por isso, uma dieta para hipertrofia deverá ser bem planejada, abundante, saudável e variada.

O problema é que a maioria das pessoas são muito ocupadas durante o dia: estudam, trabalham, fazem cursos, viajam muito, etc., então, é realmente difícil manter uma dieta perfeita ao longo do dia todo, 7x/semana…

Para que os resultados venham rapidamente, nada como inserir em seu plano alimentar um suplemento à base de proteínas (em minhas receitas uso whey protein em todos os shakes) e shakes ricos em ingredientes que irão potencializar seus resultados e facilitar sua adesão ao plano alimentar.

Depois, os Shakes têm vários benefícios para quem procura o aumento de massa muscular, tais como:

  • Um único shake é rico em calorias, proteínas, carboidratos e gorduras boas;
  • As receitas possuem em sua composição ingredientes indispensáveis para o aumento de massa muscular;
  • Podem ser ingeridos em qualquer horário do dia, independente do seu horário de treino – eles são bem flexíveis;
  • São deliciosos, saciam a fome e diminuem a vontade de comer doces

E existem ainda outros benefícios que já vou mostrar a você…

Eu, como atleta, assim como todos os outros atletas de competição ao redor do mundo (homens e mulheres) usamos whey protein em nossas dietas, pois, ele acelera os resultados e nos permite ter uma recuperação muscular muito mais rápida, agilizando o processo de hipertrofia e densidade muscular.

Eu adoro shakes e eles trazem muitos resultados no aumento de massa muscular, DESDE QUE ESTEJAM INSERIDOS EM UM PLANEJAMENTO ALIMENTAR E PROGRAMAÇÃO DE TREINO VISANDO HIPERTROFIA – Procure um nutricionista do esporte para adequar suas refeições e acompanhar sua evolução.Não faça uma dieta à base de líquidos e/ou shakes anabólicos, isso pode ser perigoso!

Meu conselho é: inclua em suas refeições pré e pós-treino alguns shakes, assim você conseguirá ingerir uma gama extra de calorias e nutrientes de uma vez só! E você ainda tem a opção de só ingerir os shakes ou até mesmo ingerir o shake e comer algo sólido em conjunto (isso dependerá de sua fome e de seus resultados).

Porque Todos os Shakes Têm Whey Protein

O whey protein é a proteína do soro do leite que a indústria isolou e transformou num suplemento em pó. Ele é muito comum no meio esportivo, pois além de ser prático, é gostoso, rico em proteínas magras, tem fácil digestão e absorção, é rico em nutrientes, acelera recuperação muscular e ajuda na modelagem do corpo, então é muito usado para fins estéticos por esportistas e atletas.

Por isso, eu inclui Whey Protein em todos os Shakes Anabólicos deste livro.

São 15 Shakes Pré Treino e 15 Shakes Pós Treinos, porque estas são duas refeições muito importantes do seu dia e podem ser substituídas facilmente por um Shake.

Outros Benefícios dos Meus Shakes:

  • Podem ser usados por esportistas e/ou atletas de qualquer idade, sexo, peso ou tipo de treinamento – desde pessoas que entraram na academia hoje até atletas de alto nível;
  • Se você não tiver tempo ou vontade de fazer uma refeição sólida antes ou após os treinos, os shakes serão suficientes para lhe manter bem nutrido e alimentado por 3 horas;
  • Os shakes possuem ingredientes como café, água de coco, pasta de amendoim, mel, frutas secas, amêndoas, açaí, cookies, entre outros alimentos deliciosos, nutritivos e que a maioria das pessoas adora;
  • As pessoas que acordam muito cedo para treinar, podem desfrutar da ingestão de um shake pré treino logo antes de ir para a academia: os shakes são leves, fornecem energia, força, disposição e não pesam no estômago!
  • Os shakes são ricos em fibras – o que melhora o funcionamento intestinal e aparência da pele;
  • Os shakes são ricos em vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes;
  • A maioria dos shakes são enriquecidos com alimentos naturalmente anabólicos – isso irá acelerar seus resultados;
  • Todos os ingredientes são práticos, fáceis de encontrar e preparar e grande parte deles possui baixo custo.

Em poucos dias, você já começa a notar melhora na recuperação muscular e ganho de peso!

Treine corretamente com a orientação de um educador físico, faça uma dieta para hipertrofia seguindo a orientação de um nutricionista, durma bem, tome muita água e inclua meus shakes em sua rotina para ver os resultados em pouco tempo!

Lista de Receitas dos Shakes

Aqui ficam todas as receitas para você conhecer o tipo de Shakes que poderá encontrar dentro do livro:

Shakes Pré-Treino

  • Shake doce de banana com nozes (perfeito para quem ama doces)
  • Shakes anabólico com açaí (para aqueles que pegam pesado e sentem muita fome)
  • Shake de prestígio e paçoca
  • Shake de vitamina C (para melhor produção de colágeno)
  • Shake salada de frutas (para quem sente muita sede antes e durante o treino)
  • Shake doce de amêndoas
  • Shake Super-Hiper Calórico (para quem não consegue consumir muitas calorias ao longo do dia)
  • Shake manjar protéico (para quem adora receitas com coco)
  • Shake para energia matinal (perfeito para quem treina logo cedo)
  • Shake da gordura boa (excelente para ganho de massa para aqueles com muita dificuldade)
  • Shake força pura com açaí
  • Shake anabólico mousse de uva
  • Shake sorvete de creme
  • Shake anabólico pavê crocante
  • Shake anabólico refrescante

Shakes Pós-Treino

  • Shake doce de batata doce
  • Shake torta de banana
  • Shake cookies com passas
  • Shake anabólico Romeu e Julieta
  • Shake rápida recuperação muscular (perfeito para quem treina todos os dias e/ou sente dores pós-treino)
  • Shake vasodilatador (tome logo após o treino e consiga manter suas veias dilatadas por mais tempo)
  • Shake chocolate cremoso super protéico (para os amantes de chocolate)
  • Shake laka (para os viciados em chocolate branco)
  • Shake rebastecimento muscular (para aqueles que sentem muita fome após o treino)
  • Shake para reidratação e recuperação (excelente para um pós-treino intenso em um dia muito quente)
  • Shake pós-treino matinal super calórico (para reforçar a refeição da manhã para os que treinam cedo)
  • Shake crocante de abacate
  • Shake brigadeiro branco
  • Shake pavê de pêssego (para os que preferem sabores doces mais suaves)
  • Shake de praia (refrescante, hidrante e calórico!)

Você Pode Fazer Seu Primeiro Shake nos Próximos Minutos

Como o livro é totalmente digital, você pode testar as primeiras receitas logo após o pagamento. Assim que a compra for autorizada, você poderá baixar tudo para o seu computador, e ler na hora!

Garantia

Durante 30 dias pode ler, testar, fazer as receitas e analisar os resultados em seu corpo. Se, por algum motivo, você não estiver totalmente satisfeito com tudo o que vai encontrar, você só precisa enviar um email e seu dinheiro será devolvido integralmente, sem qualquer questão.


Público-Alvo

Praticantes de musculação que precisam de receitas anabólicas para antes e depois do treino.



Clique na imagem para saber o valor do investimento e formas de aquisição.

Visualizar

Informações sobre o Produto:

Criado por  Giovana Guido
14:42

Material: Receitas Para Aumentar a Massa Muscular


Neste ebook você vai encontrar:

  1. Receitas simples, saborosas e saudáveis para o aumento de massa muscular.
  2. Preparação em poucos minutos e qualquer pessoa pode fazer.
  3. Receitas com quantidade de calorias, proteínas, carboidratos e gorduras.

As receitas estão repartidas por:

  • Lanches
  • Cereais e Papinhas
  • Vitaminas e Shakes
  • Ovos
  • Saladas
  • Peixes

Bônus: Receitas Pré e Pós-Treino

O eBook de receitas não é tudo o que você vai receber, você também vai receber de bônus este eBook de shakes proteicos para aumento de massa muscular. Pessoas que praticam atividades físicas e desejam aumentar a massa muscular, devem ter uma dieta bem rica em calorias, carboidratos, gorduras e proteínas magras. Por isso, uma dieta para hipertrofia deverá ser bem planejada, abundante, saudável e variada.

Shakes têm vários benefícios para quem procura o aumento de massa muscular, tais como:

  • Um único shake é rico em calorias, proteínas, carboidratos e gorduras boas;
  • As receitas possuem em sua composição ingredientes indispensáveis para o aumento de massa muscular;
  • Podem ser ingeridos em qualquer horário do dia, independente do seu horário de treino – eles são bem flexíveis;
  • São deliciosos, saciam a fome e diminuem a vontade de comer doces

Bônus: Alimentos e Suplementos

Este eBook é muito prático e tem os alimentos e suplementos que eu recomendo para aumentar a massa muscular.

É realidade que não há um fator isolado para o ganho de massa muscular. Erra quem pensa da seguinte forma: "Preciso achar um suplemento que me faça atingir meu objetivo" ou "Preciso urgente procurar um treino novo na Internet, pois o meu não dá mais resultado" ou pior ainda: "O jeito vai ser usar anabolizantes…".

Esse tipo de pensamento é o que leva a frustração de milhares de pessoas no mundo fitness, afinal, elas pensam que um fator isolado irá mudar seus corpos milagrosamente.

Então, para que você possa deixar sua dieta bem variada, completa e "muscular" eu coloquei sugestões de alimentos que irão ajudá-lo a deixar sua dieta mais saudável e anabólica!

Clique na imagem para saber o valor do investimento e formas de aquisição.

Visualizar

Informações sobre o Produto:

Criado por Giovanna Guido

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *