3 de setembro de 2018

Anabolismo e Catabolismo






Metabolismo é  usado para descrever as várias reações químicas existentes no organismo que garantem as necessidades estruturais e energéticas de um ser vivo. As reações que compõem o metabolismo podem ser classificadas em dois grandes processos metabólicos: o anabolismo e o catabolismo.

Denominamos de anabolismo ou metabolismo construtivo as reações químicas relacionadas com a síntese de biomoléculas, ou seja, de moléculas precursoras simples e pequenas utilizadas na produção de novas substâncias necessárias para o organismo, tanto para seu crescimento como para sua manutenção. Essas reações ocorrem apenas quando uma célula apresenta energia suficiente. Elas são responsáveis, por exemplo, por formar as macromoléculas que compõem a célula.

O catabolismo ou metabolismo oxidativo, por sua vez, são todas as reações químicas de caráter degradativo, ou seja, aquelas reações que têm por objetivo quebrar ou desdobrar moléculas. Nesses processos, há a liberação de energia necessária para a realização de diversas atividades. É no catabolismo que carboidratos, lipídios e proteínas, por exemplo, são quebrados em produtos menores e mais simples.

O catabolismo pode ser classificado ainda em metabolismo catabólico aeróbico e anaeróbio. O metabolismo catabólico aeróbio é aquele em que as reações ocorrem na presença de oxigênio, que funciona como um aceitador final de elétrons na cadeia respiratória, combina-se com hidrogênio e forma água (Saiba mais em: Respiração celular). No metabolismo catabólico anaeróbio, as reações ocorrem na ausência de oxigênio.

Mesmo sendo reações opostas, o anabolismo e o catabolismo fornecem um equilíbrio perfeito no nosso organismo e, por isso, estão interligadas. Enquanto o catabolismo garante a liberação de energia, o anabolismo utiliza-a para sintetizar as biomoléculas.

→ Taxa metabólica basal

Chamamos de taxa metabólica basal o mínimo de energia necessária para que o organismo consiga realizar suas atividades básicas em repouso, como proporcionar o funcionamento do coração e garantir a respiração. Essa taxa varia de uma pessoa para outra, uma vez que o gasto energético depende, entre outros fatores, da idade, sexo e nível de atividade realizado pelo indivíduo.



Para manter o metabolismo (catabolismo e anabolismo) equilibrado é essencial que o organismo humano receba de maneira contínua nutrientes que são encontrados em alimentos, e a quantidade e variedade de cada um são fatores que podem acelerar ou reduzir a velocidade do metabolismo, provocando mudanças físicas e químicas no corpo humano. No curso de Nutrição e Metabolismo você conhece os principais conceitos sobre o tema e passa a entender mais sobre a ação de cada nutriente no organismo.


Comente:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *