16 de novembro de 2016

16:30

100 receitas para aumentar a Massa Muscular!

http://rotasaudavel.com/wp-content/uploads/2014/09/alimentos-para-ganhar-massa.jpg

Os benefícios do ganho de massa muscular vão muito além da estética. O tecido da chamada massa magra apresenta uma atividade metabólica mais acelerada do que a do tecido gorduroso. Portanto, quanto maior o aumento da massa muscular, mais acelerado será o seu metabolismo, o que impacta positivamente todas as funções fisiológicas do organismo: do sono à eliminação de gordura corporal e controle do colesterol.

Se você está interessado em perder gordura e ganhar massa muscular tão rápido quanto possível, no conforto de sua casa e usando refeições completas e nutritivas, que demoram pouco tempo para preparar e são "super saborosas", então vou te dar uma dica imperdível.

http://amigasemulheres.com.br/wp-content/uploads/QUERO-SABER-MAIS.png

Essa dica é um ebook que você terá acesso e que vem com muito conhecimento. Conteúdo:

- 100 receitas prontas a cozinhar, muito saborosas, muito nutritivas para eliminação de gorduras e ganhos musculares.

- Todas as receitas podem ser preparadas em poucos minutos.

- Todas as receitas têm a quantidade de calorias, proteínas, carboidratos e gorduras. Você só precisa fazer os cálculos às suas necessidades diárias e está pronto para seguir!

- Guia Básico com o que precisa saber sobre os aspectos fundamentais de uma nutrição saudável


http://www.convertte.com.br/cvtt/wp-content/uploads/2015/07/botao-acesso.png


Se você está interessado em perder gordura e ganhar massa muscular tão rápido quanto possível, no conforto de sua casa e usando refeições completas e nutritivas, não pode perder esse ebook. Clique e tenha o acesso imediato!

7 de novembro de 2016

08:34

Cloreto de Magnésio no tratamento terapêutico

http://seuguiadesaude.com.br/wp-content/uploads/2014/10/para-que-serve-cloreto-de-magnesio.jpg

O magnésio é um mineral que está presente em quase todas as plantas. É ele que transforma a luz solar em energia em um processo conhecido como fotossíntese. Se as plantas não tivessem magnésio elas não seriam capazes de se nutrir através dos raios solares. Nós seres humanos igualmente sem a presença do magnésio em nossas células não poderíamos mover os músculos, respirar ou usar o nosso cérebro.

 O magnésio tem uma função primordial no metabolismo do nosso corpo. Ele está envolvido em mais de 300 reações enzimáticas essenciais a vida, tendo ação direta na produção de energia, no funcionamento do músculo cardíaco, na formação dos ossos, função intestinal, relaxamento de vasos sanguíneos e em vários outros órgãos e tecidos.

Ele fica guardado dentro das células e existe em mais alta concentração em alguns órgãos como cérebro, coração, rins e fígado. Por estar em maior concentração dentro das células, isso faz com que exista pouca quantidade de magnésio circulante no nosso sangue.

E o que contribui para uma maior carência deste rico mineral é o stress, a idade avançada, drogas, bebidas alcoólicas, fumo, alimentação deficiente resultando em complicações como artrose, problemas reumáticos, arritmias, infarto e problemas circulatórios.

*O que é o Cloreto de Magnésio: Suplemento mineral, catalisa a atividade de enzimas, hormônios e vitaminas necessárias à vida, estimula as sínteses bioquímicas do organismo, age sobre o sistema simpático, freando a atividade nervosa. Acelera a respiração celular, influi sobre o equilíbrio neuro-muscular. Entra na formação dos dentes e ossos, regula a absorção do cálcio e potássio e equilibra o ph sanguíneo pela neutralização direta de ácidos no sangue.

 Também contribui em tratamentos de problemas circulatórios, como aterosclerose, edemas, varizes, inchaços. Stress crônico, depressão moderada, insônia, síndrome do pânico, desgaste do sistema nervoso. Inflamações como artrites, reumatismo, osteoartrites e dores como a fibromialgia. Síndrome da fadiga crônica, rachaduras de pele, psoríases, eczema, acne, alergias e outros problemas de pele.

 Equilibrando as funções do nosso sistema imunológico e o tratamento deve ser direcionado conforme a necessidade de cada cliente.

O cloreto de magnésio não é remédio, mas alimento.

1 de novembro de 2016

15:30

Hidratação no exercício não é só água!



Praticar atividades físicas é ótimo para a saúde. Com essa recomendação, profissionais da saúde, como médicos e educadores físicos, estimulam a prática de esportes e exercícios físicos.

Mas não pense que é só ir calçando um tênis e sair fazendo exercícios por aí. Alguns cuidados têm que ser tomados para uma atividade segura, como usar roupas apropriadas, fazer uma avaliação médica e se hidratar bem. Aliás, a hidratação é um dos aspectos mais importantes antes, durante e após uma atividade física.

Preconiza-se o número de 1 copo de 200ml de água por hora em que se estiver acordado. Assim sendo, a ingestão de água deve ser independente da sede, constante e rigorosa. E não adianta deixar para tomar os 2 a 3 litros necessários diariamente de uma só vez. Estudos mostram que o estômago capacita apenas 12ml/kg/hora, ou seja um adulto não conseguirá tomar mais de um litro de uma só vez sem "passar mal".

A água interfere em mecanismos muito importantes, como transporte de oxigênio para os músculos, através dos glóbulos vermelhos do sangue; eliminação do dióxido de carbono pela respiração e regulação da pressão arterial, para o bom funcionamento do coração e da circulação. O suor é composto por água (99%), alguns nutrientes, principalmente sódio e cloro, e, em quantidades muito pequenas, potássio, magnésio, cálcio, ferro, cobre e zinco. Portanto, a água pura não é a bebida ideal quando se necessita repor líquido com rapidez e por completo. O ingrediente essencial que deve estar presente numa bebida de reidratação é o sódio.

Se os líquidos perdidos com o suor não forem repostos, a desidratação e a fadiga precoce são inevitáveis.

Dicas de como se hidratar:

Antes do exercício: fazer uma ingestão adequada de água 24 horas antes da realização da prova ou do exercício, consumir 500 ml de água ou isotônico 2 horas antes do exercício.

Durante o exercício: se possível a cada 20min ingerir água ou isotônico.

Após o exercício: hidratar com alguma bebida isotônica, fazer uma refeição rica em carboidratos.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *